quinta-feira, 28 de junho de 2012



Só o esquecimento é que condensa,
E então minha alma servirá de abrigo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário